terça-feira, 17 de outubro de 2017

Mikael de Jesus, uma das atrações do Brasileiro Caixa Sub-23

17|10|2017 - 14:09 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo
São Paulo - O Campeonato Brasileiro Caixa Sub-23 de Atletismo, que será disputado nos dias 28 e 29 deste mês, em Porto Alegre, reunirá vários destaques da categoria no Estádio José Carlos Daudt, da Sogipa, na capital do Rio Grande do Sul. Entre os inscritos estão vários líderes do Ranking Brasileiro no masculino e no feminino, prontos para a luta por medalhas na competição, que reunirá cerca de 500 atletas, representando 76 clubes de 16 Estados e do Distrito Federal.
Fonte: CBAt
Entre as atrações está o paranaense Mikael Antonio de Jesus (FECAM-PR), líder dos 400 m com barreiras, com 50.12, marca obtida em São Bernardo do Campo (SP), em 12 de março. Na Arena Caixa, na mesma cidade, o atleta ganhou a medalha de bronze no Troféu Brasil Caixa de Atletismo no dia 11 de junho, com 50.41.

No ano passado, o atleta nascido a 19 de agosto de 1997, na cidade de Primeiro de Maio, terminou em quarto lugar no Ranking Mundial Sub-20 da IAAF nos 400 m com barreiras, com 49.62, marca obtida com a conquista da medalha de prata no Campeonato Ibero-Americano Caixa, evento-teste para os Jogos Rio 2016, disputado em maio, no Estádio Olímpico do Engenhão. A marca é recorde sul-americano sub-20.

Mikael ficou muito perto do pódio na final do Campeonato Mundial Sub-20 de Bydgoszcz, na Polônia, em julho de 2016. Ele cruzou a linha de chegada em quarto lugar, com 50.06. Antes, nos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquim, na China, Mikael também terminou em quarto lugar, com 51.30. Na semifinal, quando correu a prova em 51.12 estabeleceu o recorde sul-americano sub-18, válido até hoje. 

"Depois do período de descanso, ele estava fazendo treinos mais longos, de base. A partir de agora, vai soltar um pouco para chegar mais rápido a Porto Alegre", comentou o técnico Paulo Cesar da Costa, da FECAM, que levará 16 atletas para o Brasileiro. "Teremos uma equipe competitiva", concluiu.

O último torneio nacional Sub-23 foi realizado em 2014, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo, ainda quando era interseleções, com vitória de São Paulo, com a conquista de 71 medalhas, sendo 21 de ouro, 27 de prata e 23 de bronze.

Rio de janeiro ficou na segunda colocação no quadro, com 20 medalhas (nove ouros, seis pratas e cinco bronzes), seguido do Distrito Federal, com seis (três ouros, uma prata e dois bronzes).

O Campeonato Brasileiro Caixa Sub-23 é uma realização da CBAt e da Federação de Atletismo do Estado do Rio Grande do Sul (FAERGS), com patrocínio da Caixa Econômica Federal, em convênio com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e apoio da Sogipa.

Assembleia do COB indica Toninho Fernandes para comissão que analisará estatutos

16|10|2017 - 17:18 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt


São Paulo - O presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), José Antonio Martins Fernandes, o Toninho, é um dos membros da Comissão encarregada de analisar os estatutos do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e propor sua atualização. O convite a Toninho Fernandes foi feito pela Assembleia Geral do COB, realizada na semana passada, na sede da entidade, no Rio de Janeiro.
Fonte: CBAt

Além do presidente da CBAt, fazem parte da Comissão Marco Aurélio de Sá Ribeiro, presidente da Confederação Brasileira de Vela, Ricardo Machado, presidente da Confederação Brasileira de Esgrima, e o ex-judoca Tiago Camilo, presidente da Comissão de Atletas do COB.

"A Comissão fará sua primeira reunião na quarta-feira (dia 18) no Rio, na sede do COB", disse Toninho Fernandes. "Aí serão definidos os pontos básicos a serem estudados", completou o dirigente.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

CBAt mostra novos instrumentos de preparação de atletas em Bragança Paulista

São Paulo - Várias atividades aconteceram esta semana no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), na cidade de Bragança Paulista (SP). O presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho, visitou as instalações e acompanhou o trabalho dos funcionários.

Fonte: CBAt
Técnicos e fisioterapeutas passaram por capacitação teórica e prática, para a utilização de instrumentos para treinamento de última geração, adquiridos pela CBAt. "São equipamentos da marca Keiser, têm nomes difíceis (Runner, Squat Bet, Funcional Treiner)", brinca Luis Viveiros, gerente da Rede Nacional de Treinamento de Atletismo (RNTA), programa da CBAt com o Ministério do Esporte e que faz parte de suas atividades no Centro de Bragança Paulista.

O gerente técnico da RNTA, Lazaro Pereira, cubano que vive no Brasil, diz que Renan Rossim, preparador físico de natação e polo-aquático do Sesi-SP, que usa os instrumentos Keiser desde 2011, comandou a capacitação do pessoal do CNDA. "O espaço e os equipamentos que vocês têm aqui são de primeira linha", afirmou Renan.

Para Renan, "o material adquirido é importante no trabalho dos treinadores, nos trabalhos de força, velocidade e postura. E auxiliam os fisioterapeutas na prevenção e recuperações de lesões".

Outra atividade foi a visita ao CNDA de alunos de duas escolas rurais (Escola Municipal Rural Campo Novo e Escola Municipal Rural Biriçá), que ficam no entorno do CNDA. "Foi uma comemoração do Dia da Criança, eram mais de 100 estudantes, que combinaram a visita com o Martinho Santos (coordenador do CNDA e superintendente técnico da CBAt). Eles visitaram todas as dependências, falaram com a atleta olímpica Geisa Arcanjo e os treinadores Anísio Silva e Sanderlei Parrela", diz Lazaro.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

CBAt apoia a "Outubro Rosa", campanha de combate ao câncer de mama

11|10|2017 - 13:13 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt
São Paulo - Outubro foi o mês escolhido, ainda na década de 1990, para conscientizar a população sobre o câncer de mama. O movimento conhecido como "Outubro Rosa" visa estimular a participação de todos no controle da doença.
Fonte: CBAt

A campanha acontece todo ano, com o objetivo de compartilhar informações, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, e consequentemente contribuir para a redução da mortalidade.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama tem como causa a multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele. A doença responde por cerca de 25% do total de casos novos a cada ano. Especificamente no Brasil, esse percentual é um pouco mais elevado e chega a 28,1%. Depois dos tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer é o mais frequente nas mulheres das Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Existe tratamento para câncer de mama e cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, manter o peso corporal adequado, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e amamentar.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Um dia para comemorar o Atletismo

09|10|2017 - 14:39 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt


São Paulo - O "Dia do Atletismo" é comemorado nesta data (9 de outubro) por várias instituições públicas e particulares. Nada mais natural que entidades ligadas à área busquem uma data para homenagear o mais tradicional dos esportes olímpicos.

Clubes, associações esportivas, entidades dirigentes comemoram nesta data. A CBAt aproveita a ocasião para agradecer a todos os agentes que fizeram e fazem funcionar o Atletismo nacional.

"Nossa homenagem aos atletas e fãs do Atletismo, aos treinadores, aos profissionais de outras áreas que atuam em nosso esporte, clubes e Federações, patrocinadores e parceiros, organizadores e promotores, todos merecem o nosso agradecimento", disse o presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho.
Fonte: CBAt

domingo, 8 de outubro de 2017

Brasil conquista nove medalhas em Santiago

08|10|2017 - 08:45 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo
São Paulo - O Brasil conquistou nove medalhas no segundo dia de disputas do torneio de Atletismo dos Jogos Sul-Americanos da Juventude, que está sendo realizado no Estádio Nacional em Santiago, no Chile. Foram quatro de ouro, quatro de prata e uma de bronze, mostrando a competitividade da equipe formada por atletas de 14 a 16 anos.
Fonte: CBAt

As vitórias foram conquistadas por Marcos Paulo Leal Ferreira, de Pindamonhangaba (SP), que venceu os 110 m com barreiras, com o tempo de 14.00, enquanto Ryan De Sousa Lima, de Brasília, ganhou os 400 m, com 49.65. Os outros dois ouros foram alcançados no salto triplo por Adrian Henrique Dias Vieira, de Mogi Guaçu (SP), com 15,04 m, e por Nerisnelia dos Santos Sousa, de São João do Caru (MA), com 12,77 m.

Além dos nove medalhistas, bons resultados conseguiram Guilherme Moreira Soares (60,92 m), no dardo, Vitória Pereira Jardim (12.28), nos 100 m, e Thais Michele Clemente (14.47). nos 100 m com barreiras - os três terminaram na quarta colocação.

A competição chilena termina neste domingo (8) e é um preparatório para os Jogos Olímpicos da Juventude, que serão disputados em Buenos Aires, na Argentina, em 2018.

Os pódios dos brasileiros

110 m com barreiras

1-Marcos Paulo Leal Ferreira (BRA) - 14.00
2-Martín Saenz de Santa Maria (CHI) - 14.54
3-Francisco Javier Diaz Zuloaga (VEN) - 14.54

400 m
1-Ryan de Sousa Lima (BRA) - 49.65
2-Nicolas William Vasquez Chavez (VEN) - 49.92
3-Daniel Alejandro Mejicano Ruiz (VEN) - 50.02

Arremesso do peso
1-Nazareno Uriel Sasia (ARG) - 20,45 m
2-Vitor Gabriel Motin (BRA) - 17,75 m
3-Lazaro Bonora (ARG) - 17,60 m

Salto triplo
1-Adrian Henrique Dias Vieira (BRA) - 15,04 m
2-Manuel Jeremias Cuesta Mosquera (COL) - 14,85 m
3-Navaro Doulany Aboikonie (SUR) - 14,53 m

3.000 m
1-Dylan Damian Van Der Hock (ARG) - 8:59.15
2-Randy Jose Rojas Mendez (VEN) - 8:59.64
3-Pedro Henrique de Oliveira (BRA) - 9:10.31

Arremesso do peso
1-Javiera Dominique Bravo Beroiza (CHI) - 14.51 m
2-Rafaela Cristine Maciel de Sousa (BRA) - 14.09 m
3-Fedra Florentin (PAR) - 13.77 m

400 m
1-Deshana Ashanti Skeete (GUY) - 57.28
2-Jessica Vitoria de Oliveira Moreira (BRA) - 57.54
3-Andreina Samantha Minda Valencia (ECU) - 58.81

Lançamento do dardo
1-Yuleisi Anahi Angulo Bonilla (ECU) - 54,24 m
2-Alana das Neves Maranhão (BRA) - 48,64 m
3-Catalina Soledad Irribarra Tapia (CHI) - 47,50 m

Salto triplo
1-Nerisnelia dos Santos Sousa (BRA) - 12,77 m
2-Josefina Aida Aller González (CHI) - 11,81 m
3-Monifah Latavia Djoe (SUR) - 11,58 m

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Brasileiro Caixa Sub-23 reunirá 479 atletas em Porto Alegre

06|10|2017 - 14:55 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo
São Paulo - O Campeonato Brasileiro Caixa Sub-23 de Atletismo, que será disputado nos dias 28 e 29 deste mês, em Porto Alegre, recebeu a inscrição de 479 atletas (303 no masculino e 176 no feminino), representando 76 clubes de 16 Estados e do Distrito Federal. A competição será realizada no Estádio José Carlos Daudt, da Sogipa, no Rio Grande do Sul.

Fonte: CBAt

Após o período de inscrições, o departamento técnico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) divulgou novo programa-horário do evento. O torneio será aberto no dia 28, às 8 horas, com a disputa dos 100 m do decatlo, e encerrado às 17:30 do dia 29, com os 800 m do heptatlo.

A competição é importante porque reúne atletas nas categorias sub-18, sub-20 e sub-23, ou seja, o futuro do Atletismo brasileiro.

O último torneio nacional da categoria foi realizado em 2014, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo, ainda quando era interseleções, com vitória de São Paulo, com a conquista de 71 medalhas, sendo 21 de ouro, 27 de prata e 23 de bronze.

Rio de janeiro ficou na segunda colocação no quadro, com 20 medalhas (nove ouros, seis pratas e cinco bronzes), seguido do Distrito Federal, com seis (três ouros, uma prata e duas bronzes).

O Campeonato Brasileiro Caixa Sub-23 é uma realização da CBAt e da Federação de Atletismo do Estado do Rio Grande do Sul (Faergs), com patrocínio da Caixa Econômica Federal, em convênio com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e apoio da Sogipa.

Seguidores